14 dicas para começar bem o ano de 2020.

Eu gostaria de compartilhar 14 dicas fáceis e práticas para você começar o ano de 2020 bem.

14 dicas para começar bem o ano de 2020

 

Olá, primeiro eu gostaria de agradecer a todos que acompanham e acompanharam meu trabalho com o Reiki a distância, as meditações guiadas e a práticas integrativas.

Tenho recebido muito relatos das curas e benefícios que o Reiki a distância e os áudios de meditação guiada tem proporcionado para muitas pessoas pelo mundo, fico muito feliz com isso.

Acredite, os benefícios dessas duas terapias juntas são muitos e tem transformado a vida d muitas pessoas de maneira única.

Eu gostaria de compartilhar 14 dicas fáceis e práticas para você começar o ano de 2020 bem.

Lembre-se que para termos mudanças na nossa vida precisamos mudar o nosso dia a dia, precisamos mudar a maneira com que vemos e sentimos as coisas, só assim vamos conseguir mudar, não tem como termos resultados diferentes em nossas vidas se continuarmos agindo e fazendo as mesmas coisas.

Foque na quantidade de dicas que for possível de praticar a princípio para você, e em seguida vá adicionando as outras práticas no seu dia a dia.

1 – Sinta as suas emoções

Por mais incrível que pareça muitas vezes não paramos para identificar e sentir as nossas emoções, permita-se sentir as suas emoções.

Muitas vezes ficamos na correria do dia a dia como que em um “piloto automático”.

Medite sobre seus sentimentos, tire 10 minutos para respirar tranquilamente e perceber como você se sente no momento.

2 – Pratique a gratidão pela manhã.

Quando acordar, lembre-se das coisas que você é grato(a), os motivos e pessoas que lhe ajudam a se manter vivo e feliz hoje.

Mesmo que esteja passando por um período difícil, tente pensar de maneira diferente,e lembre-se de que há coisas pelas quais ser grato – mesmo que seja água corrente, banheiros e uma cama.

3 – Pratique uma caminhada meditativa.

Em algum momento do dia caminhe devagar e em silêncio, delicadamente observando o encontro da terra com os seus pés (através dos sapatos).

Ande devagar e de maneira consciente, observe cada um de seus passos conforme você caminha para o trabalho diariamente.

4 – Pratique a refeição contemplativa

Tente encontrar uma refeição por dia para comer em silêncio, talvez até de olhos fechados, degustando cada garfada devagar e de maneira profundamente contemplativa. De onde essa comida vem, que texturas e sabores tem?

Escolha uma refeição para comer em silêncio e de maneira totalmente atenta, alegre e concentrada.

5 – Elimine as suas distrações.

Lidamos com milhares de pensamentos em nossa cabeça, como podemos começar a pensar nossos próprios pensamentos e usar nossa própria sabedoria?

Faça uma lista com o que te distrai, tira sua energia ou impede que você foque no que realmente importa. Pare de fazer tais coisas uma a uma, mas sem se sentir como se estivesse se privando.

6 – Alimente sua mente e alma com conteúdos saudáveis

Você está convidado a definir quais são as fontes de informações e entretenimento que te fazem se sentir bem !

Encontre livros, sites ou blogs que ajudariam no seu crescimento pessoal e em sua paz interior e passe meia hora por dia lendo esse conteúdo.

Os conteúdos que interagimos no nosso dia a dia faz toda a diferença em nossa vida.

7 – Se conecte com a natureza

Tente passar um pouco de tempo apenas estando na natureza, mesmo que seja num parque local algumas vezes por semana.

Sinta-se livre para ser apenas você e saiba que isso basta, como a flor que se abre, ou os cães e gatos que brincam a vontade.

Já existem diversos estudos comprovando os benefícios na saúde física e mental de quem passa mais tempo próximo a natureza.

8 – Encontre mais pessoas interessadas em bem estar e meditação.

Você tem um amigo ou um grupo com quem pode se conectar frequentemente, talvez até para meditar em silêncio ou para falar sobre as coisas importantes da vida como propósito, relacionamentos, vitalidade e crescimento pessoal ?

Fale com um amigo ou mentor com quem você pode construir uma relação mais aprofundada e que compartilha valores similares aos seus semanalmente.

9 – Medite

O que é meditação? Há uma analogia poderosa: imagine um copo cheio de água suja. Quando você balança o copo, o líquido parece escuro e enlameado. Quando você o deixa parado, a sujeira começa a se amontoar no fundo.

É isso que acontece durante a meditação: nossos pensamentos, julgamentos e sentimentos começam a se acalmar.

Há muitas fontes de meditação guiada e você também pode procurar centros em sua cidade que oferecem aulas.

Quanto tempo deve-se meditar? Enquanto uma hora por dia seria ideal, mesmo 30 minutos matinais são suficientes – mesmo que seja no metrô durante a ida para o trabalho.

 

10 – Pratique uma atividade que alimenta mente, corpo e alma

Atividades como artes marciais e yoga não têm apenas componentes físicos, mas também mentais e emocionais. Permitem que você se conecte com si mesmo mais profundamente.

Encontre tempo para se exercitar diariamente ou faça aulas de yoga ou artes marciais uma vez por semana.

 

11 – Tenha um diário

É preciso que seja algo honesto e verdadeiro – é sua hora para refletir e experimentar de verdade. Pode ser escrito à mão ou online. Só não poste no Facebook!

Sem julgamentos, escreva seus pensamentos, sentimentos e observações após meditar num diário.

12 – Coma comidas saudáveis e nutritivas

Esse é um aspecto muito importante para a felicidade e a saúde. Tente comer produtos da época e diminua carnes, comidas processadas e açúcar, que fazem sua mente e coração correrem com a energia necessária para digeri-los.

Que comidas realmente te dão energia ou fazem com que você se sinta mais leve e forte? Sentir-se vitalizado é uma parte importante da prática contemplativa.

Preste atenção no que está comendo e prefira alimentos naturais e da época.

 

13 – Descanse bem

Mesmo se você for uma pessoa ocupada com múltiplas responsabilidades, trabalhe para criar um estilo de vida equilibrado em que há tempo para descansar.

Algumas pessoas conseguem ter energia após oito horas de sono, outras, após cinco. Tente ter compaixão consigo mesmo e ser realista sobre o que você precisa – e seja forte ao criar um plano para alcançar esse objetivo.

Se mudar sua dieta, meditar um pouco ou fizer yoga e mantiver sua mente atenta para cortar os pensamentos negativos, pode acabar precisando de cada vez menos tempo para descansar.

 

14 – Pratique meditação guiada

Eu compartilho em nossa lista de e-mail, em nosso canal no youtube e agora em nosso podcast meditações guiadas de aproximadamente 20 minutos que irão te proporcionar um relaxamento profundo, uma conexão consigo mesmo e melhoria na saúde física, mental e emocional.

Para acessar as nossas meditações guiadas gratuitas clique aqui e acesse o nosso podcast.

Espero que sejam muito úteis para você essas dicas, pratique e conte para nós os resultados na sua vida.

Abraços.

 

 

 

 

 

 

Nós vivemos em um mar de energias

Cada vez fica mais evidente para as pessoas em geral e para a ciência o mar de energias que nos rodeia e que interagimos de diversas maneiras.

 

2459340_orig

 

Nós estamos cada vez mais vivenciando experiências pessoais que nos mostram que vivemos em um mar de energias que nos envolve, que nos influenciam e que interagimos com elas o tempo todo.

Precisamos aprender a lidar com elas de maneira que nos ajude a encontrar as respostas de como elas nos influenciam, nos ajudando ou nos atrapalhando, melhorando ou piorando a nossa saúde.

Um dos estudos que fazem essa pesquisa, das energias que nos rodeiam e influenciam é a Radiestesia.

Vai chegar o tempo ( já está chegando) que o estudo das energias não será mais tido como esoterismo ou como algo “espiritual” e será considerado como uma ciência acadêmica.

Compartilho aqui um trecho do livro “Mãos de luz” da autora barbara Ann Brennam, que é; física, astrofísica da NASA, PhD em Filosofia, Doutora em Teologia, Professora e Pesquisadora em Tratamento e Cirurgia Espiritual.

Nesse trecho a autora explica muito bem e de forma clara esse contexto das energias que nos rodeiam:

“À proporção que nos permitimos desenvolver novas sensibilidades, principiamos a ver o mundo inteiro de maneira muito diferente. Começamos a prestar mais atenção a aspectos da experiência que antes nos pareciam periféricos. Surpreendemo-nos a usar uma nova linguagem para comunicar as novas experiências. Expressões como “vibrações más” ou “a energia ali era grande” estão se tornando comuns.

Principiamos a notar e a dar mais crédito a experiências como a de encontrar alguém e a de gostar ou desgostar desse alguém, num instante, sem nada saber a seu respeito. Gostamos das suas “vibrações”. Podemos dizer quando alguém está olhando para nós e erguemos a vista para ver quem é. Podemos ter a sensação de que alguma coisa está por acontecer, e ela acontece. Pomo-nos a reparar na nossa intuição. “Sabemos” coisas, mas nem sempre sabemos como sabemos.

Temos a sensação de que um amigo está se sentindo de certa maneira, ou necessita de alguma coisa e, quando nos preparamos para satisfazer a essa necessidade, descobrimos que estamos certos. Às vezes, durante uma discussão com alguém, sentimos que alguma coisa está sendo arrancada do nosso plexo solar, ou nos sentimos “apunhalados”, ou esmurrados no estômago, ou ainda como se alguém
estivesse derramando um jarro de melaço denso, viscoso, sobre nós. Em compensação, às vezes nos sentimos cercados de amor, acarinhados por ele, banhados num mar de suavidade, de bênçãos e de luz. Todas essas experiências têm realidade nos campos de energia.

O nosso velho mundo de sólidos objetos concretos está rodeado e impregnado de um mundo fluido de energia radiante, em constante movimento, em constante mutação, como o oceano.

Em minhas observações no decurso de todos esses anos, tenho visto as contrapartes dessas experiências como formas dentro da aura humana, que consistem nos componentes observáveis e mensuráveis do campo de energia que envolve e penetra o corpo. Quando alguém foi “enganado” por um amante, o engano é literalmente visível para o clarividente. Quando você sente que alguma coisa está sendo arrancada do seu plexo solar, geralmente está.

Isso pode ser visto pelo clarividente. Eu posso vê-lo. E você também poderá, se seguir a sua intuição e desenvolver os seus sentidos. Ajuda o desenvolvimento da Alta Percepção Sensorial refletir no que os cientistas modernos já aprenderam a respeito do mundo dos campos da energia dinâmica. Ajuda-nos a remover os obstáculos do cérebro, que nos impedem de ver que nós, também, estamos sujeitos a todas as leis universais. Diz-nos a ciência moderna que o organismo humano não é apenas uma estrutura física feita de moléculas, mas que, como tudo o mais, somos também compostos de campos de energia.

Também fluímos e refluímos como o mar. Também mudamos constantemente. Como é que nós, seres humanos, lidamos com esse tipo de informação? Adaptamo-nos aela. Se essa realidade existe, desejamos experimentá-la. E os cientistas estão aprendendo a medir essas mudanças sutis, desenvolvendo instrumentos para detectar os campos de energia relacionados com o nosso corpo e a medir-lhes as freqüências.

Eles medem as correntes elétricas do coração com o eletrocardiograma (ECG). Medem as correntes elétricas do cérebro com o eletroencefalograma (EEG). O detector de mentiras mede o eletropotencial da pele. Podem-se medir agora até os campos eletromagnéticos ao redor do corpo com um instrumento sensível chamado SQUID, que nem sequer toca o corpo quando mede os campos magnéticos à sua volta. O Dr. Samuel Williamson, da Universidade de Nova York, afiança que o SQUID oferece mais informações a respeito do funcionamento do cérebro do que o EEG
comum.

A medida que a medicina confia cada vez mais nesses instrumentos sofisticados, que medem os impulsos do corpo, a saúde, a moléstia e a própria vida estão sendo lentamente redefinidas em função dos impulsos e padrões de energia. Já em 1939, os Drs. H. Burr e F. Northrop, da Universidade de Yale, averiguaram que, pela mensuração do campo de energia da semente de uma planta (que chamaram de V, ou campo de vida), poderiam dizer quão saudável seria a planta proveniente dessa semente. Eles descobriram que, pela mensuração do campo dos ovos de uma rã, poderiam discernir a localização futura do sistema nervoso da rã. Outra mensuração
dessa natureza indicou com precisão o tempo de ovulação em mulheres, o que possibilitaria a formulação de um novo método de controle da natalidade.

Em 1959, o Dr. Leonard Ravitz, da William and Mary University, mostrou que o Campo da Energia Humana flutua de acordo com a estabilidade mental e psicológica da pessoa, sugerindo que existe um campo associado aos processos do pensamento. E deu a entender que a variação desse campo de pensamento provoca sintomas psicossomáticos.

Em 1979, outro cientista, o Dr. Robert Becker, da Upstate Medical School, de Siracusa, Nova York, desenhou o mapa de um campo elétrico complexo sobre o corpo, com a forma do corpo e do sistema nervoso central. Ele deu a esse campo o nome de Sistema de Controle Corrente Direto e descobriu que ele muda de forma e de força com as mudanças fisiológicas e psicológicas. E também descobriu partículas que se movem através do campo com o tamanho de elétrons.

O Dr. Victor Inyushin, da Universidade de Kazakh, na Rússia, vem realizando extensas pesquisas com o Campo da Energia Humana desde a década de 1950. Usando os resultados dessas experiências, ele sugere a existência de um campo de energia “bioplásmica”, composto de íons, prótons livres e elétrons livres. Sendo este um estado distinto dos quatro estados conhecidos da matéria — sólidos, líquidos, gases e plasma — Inyushin dá a entender que o campo de energia bioplásmica é um quinto estado da matéria. Suas observações mostraram que as partículas bioplásmicas, constantemente renovadas por processos químicos nas células, estão em contínuo movimento, parecendo tratar-se de um equilíbrio de partículas positivas e negativas dentro do bioplasma relativamente estável. Em havendo uma severa alteração nesse equilíbrio, a saúde do organismo estará afetada.

A despeito da estabilidade normal do bioplasma, Inyushin descobriu que uma quantidade significativa da energia é irradiada para o espaço. Nuvens de partículas bioplásmicas, destacadas do organismo, podem ser medidas em seus movimentos pelo ar.

Desse modo, fomos mergulhados num mundo de campos de energia vital, de campos de pensamento e de formas bioplásmicas que se movem ao redor do corpo e dele emanam. Somos o próprio bioplasma, vibrante e radiante! Mas se consultarmos a literatura, veremos que isso não é novo. As pessoas têm conhecido esse fenômeno desde o aurorescer dos tempos. Acontece apenas que, hoje, o fenômeno está sendo redescoberto, depois de ter sido desconhecido ou rejeitado pelo público ocidental por algum tempo, durante o qual os cientistas se concentraram no conhecimento do mundo físico. À medida que esse conhecimento se desenvolveu, e a física newtoniana deu lugar às teorias da relatividade, do eletromagnetismo e das partículas, tornamo-nos cada vez mais capazes de vislumbrar as conexões entre as descrições científicas objetivas do nosso mundo e o mundo da experiência humana subjetiva.”

 

Reiki – benefícios para quem pratica e para quem recebe.

Você sabia que o praticante de Reiki também está recebendo a energia enquanto aplica ?

reiki benefícios praticante

 

A energia Reiki não se esgota, não é a energia do praticante, e quanto mais ele aplica mais ele também recebe Reiki, essa é um dos grandes benefícios desse método, quanto mais você doa, mais você recebe.

Todos podem aprender , todos podem ser um canal Reiki. O Reiki não é um sistema religioso ou filosófico com tabus. Não utiliza preces, mentalizações, fé, objetos, talismãs. É como ondas radiônicas e por isso, pode reprogramar eventos passados e futuros.

Penetra através de qualquer coisa.

Energia não desgasta o praticante pois ,se utiliza da Energia Vital do Universo.
Não precisa ter o diagnóstico.

Alivia rapidamente dores físicas age de forma holística.

É reconhecido pela Organização Mundial da Saúde.

Serve para autotratamento, de outras pessoas, plantas e animais.

Reiki significa colocar em sintonia a própria energia com a energia Universal.

Reiki aproxima o indivíduo de seu corpo, da sua mente e da sua consciência através do amor.

Reiki é um método único para desbloquear os poderes encontrados dentro de você, restaurando a Energia Vital, recuperando o seu equilíbrio imunológico.

A base do Reiki, é a transmissão da energia direta do professor ao aluno – o que é chamado de iniciação ou sintonização .

Reiki alivia a dor, acelera o processo de cura, tranqüiliza o paciente, equilibra os chacras e energiza a aura. Em resumo, o Reiki é a terapia do milênio; que irá tornar mais feliz e saudável sua vida.

No Reiki encontramos um auxilio imenso quando a vida nos impõe desafios penosos e difíceis de passar. É no Reiki, que encontramos a força e a coragem de que necessitamos para continuar a levar a nossa vida com alegria e fé.

Dica – Proteja a sua Aura

Dicas para proteger a sua energia a sua Aura em diversos ambientes, no trabalho, e em outros lugares que possam estar tensos, irritantes e carregados.

 

155

 

Nós vivemos num oceano de energia – que tem diferentes nomes nas mais diversas culturas, como energia vital, em português; prana, em sânscrito; pneumo, em grego , com o qual se está em constante interação.

Se você quiser saber mais sobre a sua Aura, acesse o nosso post que explica bem sobre o assunto, para acessar clique aqui.

Para se proteger de pessoas e lugares estressantes e tristes

Como fazer: cruzar braços e pernas.

Por que fazer: para tornar a aura mais densa, compacta, menor.

Quando fazer: quando se sentir mal, cansado depois de lidar com certa pessoa, como se ela tivesse sugado sua energia; diante de vendedores agressivos, que desejam persuadi-lo a comprar algo desnecessário; quando estiver em lugares estressantes; em lugares como hospitais, velórios e delegacias de polícia, onde há grande energia de sofrimento e de dor.

Observação: em uma reunião ou diante de um superior, não é indicado o uso da posição de fechamento total (braços e pernas) para não ser mal interpretado. Portanto, nessas ocasiões, cruze as pernas e coloque as mãos juntas no colo. Dessa forma, a posição é de receptividade e cooperação.

Fortalecimento da aura em qualquer ocasião social

Como fazer: sentado ou de pé, conecte a língua ao céu da boca e feche as mãos na frente do corpo, com a mão esquerda sobre a mão direita.

Por que fazer: para aumentar o nível de energia no corpo e fortalecer a aura.

Quando fazer: em qualquer ocasião social, como ir a um restaurante, coquetel, reunião, etc.

Observação: você pode usar outras formas de fechamento das mãos. Algumas delas são: fechar as duas mãos com os polegares dobrados para dentro e colocá-las nos bolsos para que outras pessoas não vejam; colocar as mãos atrás das costas e fechar a mão esquerda com o polegar dobrado para dentro e depois segurá-la com a mão direita.

Para fazer no trabalho

Como fazer: de pé ou sentado, feche os olhos e concentre-se no chacra Ajna (entre as sobrancelhas). Inspire vagarosamente em sete tempos, segure a respiração em um tempo e expire vagarosamente em sete tempos. Visualize uma lâmpada amarela à sua frente. Imagine-se pequeno entrando nela e depois imagine-se dentro dela envolto nessa luz amarela. Sinta como o escudo é forte. Visualize o escudo mental com uma cor amarela metálica que envolve a luz amarela. Mentalmente afirme: “Estou escudado e protegido de todos os ataques e contaminações psíquicas, protegido de todo mal e perigo. Esse escudo ficará comigo durante 12 horas”.

Por que fazer: para obter clareza mental a fim de não ser atingido por pensamentos criados por muitas pessoas durante um período considerável de tempo.

Quando fazer: no trabalho, para se manter concentrado sem se distrair com as formas mentais alheias; em caso de um ataque psíquico intencional, quando desejam influenciar seu comportamento.

10 de Setembro – Dia mundial de prevenção do suicídio

O suicídio pode ser evitado em mais de 90% dos casos.

10-setembro

 

O Setembro Amarelo é uma iniciativa da Associação Brasileira de Psiquiatria, em parceria com Associação Médica Brasileira, Conselho Federal de Medicina, Federação Nacional dos Médicos, Sociedade Brasileira de Neuropsicologia, Cruz Vermelha, Centro de Valorização da Vida, Exército Brasileiro e o Ministério Público de São Paulo.

O suicídio passou a ser tratado como problema de saúde pública em 1990.
O Brasil é o oitavo país com mais episódios no mundo, mas em número de casos por 100 mil habitantes o país passa a ser o 113.º do ranking mundial. No país é registrada uma ocorrência a cada 45 minutos. O estado do Rio Grande do Sul tem mais casos por habitantes. E o Rio de Janeiro, menos.

Os motivos são os mais diversos, e muitos casos acontecem impulsivamente em momentos de crise, quando as pessoas têm surtos diante de estresses, problemas financeiros, separações, dores ou doenças. De acordo com a OMS, o grupo de risco é o de populações rurais e entre grupos que sofrem discriminação.

O primeiro passo para prevenir o suicídio é conversar. Não há certo ou errado ao conversar sobre pensamentos suicidas, o importante é começar a conversa, diz à BBC Emma Carrington, porta-voz da entidade de combate à doenças mentais Rethink UK. “Em primeiro lugar é preciso reconhecer que é uma conversa difícil. Não é uma conversa que temos todos os dias. Então, você vai ficar nervoso e isso é normal. O importante é ouvir e não julgar.”

Conversar sobre suicídio é quebrar um tabu. Para a organização australiana Beyond Blue, da ex-primeira-ministra Julia Gillard, ter a liberdade de conversar sobre o assunto pode ajudar a restaurar a esperança das pessoas que estão tendo pensamentos suicidas. “Você não precisa ser um profissional de saúde para apoiar alguém que está em risco. Só precisa ser alguém que está preparado para ter a conversa”, diz Gillard, da Beyond Blue.

Depois da conversa, o ideal é encaminhar e encorajar a pessoa a procurar ajuda profissional, com medicamentos e acompanhamento. A maioria dos casos vem de quedas ou desequilíbrio na saúde mental do indivíduo, tão importante quanto a saúde física. Cuidar, prevenir e agir para o equilíbrio da saúde mental, evitando emoções negativas como ansiedade ou descontrole e doenças como depressão, é fundamental para valorizar a vida.

 

Nós da Agni terapias Integrativas disponibilizamos uma terapia online, gratuita, que pode ajudar muito quem estiver se sentindo assim a sair dessa condição e evitar futuras consequências, viver uma vida melhor, que a cada dia vai valer mais a pena. A meditação é uma prática fácil, pode parece complicada por tudo o que foi escrito antes sobre a prática, nós disponibilizamos áudios de meditação guiada gratuitamente que com os áudios você vai obter todos os benefícios dessa prática, que ajudam a melhorar da depressão, diminuir a ansiedade e até questões físicas.

E nessa terapia nós adicionamos o reiki com a prática da meditação, enviamos o reiki a distância para o momento que a pessoa está ouvindo o áudio de meditação guiada e os resultados tem sido surpreendentes. Participe !

Escolha mudar a sua vida, você vai ver que vale a pena !

 

reiki gratis 2