Os Chakras dos seus pés, sinta a energia.

Você sabia que possui um chacra nos pés também?

 

Os chakras dos seus pés

 

Sim, você tem, e aprender a trabalhar com ele é a chave para uma série de coisas, especialmente os relacionados com a saúde, a manifestação e o mundo material!

Este chacra é como se fosse o primeiro piso do chacra raiz. Imagine o chacra base com dois andares, o primeiro nos pés e o segundo na base da sua coluna. Ele promove o apoio para que você possa se levantar e viver a sua verdade. É comum não darmos tanto valor ou atenção para nossos pés, mas são eles que nos dão o suporte que precisamos, que nos carregam e nos movimentam.

Se você quer saber se este chacra está fraco ou fechado, faça as seguintes perguntas abaixo:

 

  1. Você tem dificuldade em tornar reais suas idéias ou concluí-las?

 

  1. Você luta para manifestar (trazendo em forma física) o que você quer?

 

  1. Você “sai fora do ar” facilmente durante a meditação ou outras buscas espirituais?

 

  1. Você tem dificuldade em acordar de manhã e retornar totalmente ao seu corpo?

 

  1. Você é desafiado por uma doença crônica que simplesmente não responde aos tratamentos tradicionais ou alternativos?

 

Se você respondeu “sim” a estas perguntas, então este Chakra está, provavelmente, fechado.

Você vê, o Chacra do pé é o que te mantem aterrado e ajuda você com a sua experiência de vida física. E quando ele está fechado ou fraco, você tenderá a encontrar esta “realidade” física bastante desafiadora.

É importante ativar este chacra para que você possa manifestar a sua própria realidade física, de acordo com seu movimento natural de desenvolvimento. Senão ficamos condicionados a realidade coletiva, como uma folha ao vento, vítima das circunstâncias. Este chacra permite que suas idéias saiam do campo mental e possam se tornar realidade.

Sua função principal é descarregar energia do corpo físico para a terra. Ou seja, é um canal direto da nossa relação com a Mãe Terra e com o mundo material em geral. Por conta disso há uma relação diretamente proporcional entre eles. Quando o chakra do seu pé está fechado ou desequilibrado, sua vida material também está.

É como um campo de atração magnética dando forma física aos seus pensamentos. Você passa a criar a sua realidade ideal ao invés de só imaginá-la. Ele ilumina seu caminho e você passa a sentir o suporte e conexão com a terra e reconhecer seu espaço neste planeta.

Agora, há uma série de maneiras de ativar e energizar seu Chacra do pé. Mas, aqui estão algumas dicas muito simples, que você pode fazer praticamente qualquer hora, em qualquer lugar.

Uma das técnicas de desbloqueio é chamada de aterramento.

O aterramento é colocar os seus pés descalços direto na grama, na terra, na areia. Abrir o coração. Sentir e fortalecer a relação entre filho (corpo) e a mãe (terra). Direcionar o que você está sentindo para o centro da Terra. Sentir seus pés como se tivessem raízes. Aterrar, aprofundar. Sentir que a Mãe Terra cuida e nutre. Receber de volta a energia vital e acolhedora dela, subindo pela sola dos seus pés. Se sentir merecedor do Amor. Se permitir ser cuidado e querido. Respirar fundo e pausadamente. Se aprofundar nessa relação.  Só você e Terra. Maravilhoso quando você sentir a conexão e se aprofundar nos desdobramentos que esse exercício pode lhe trazer.

Outro detalhe importante é que se o canal está entupido, não há como descarregar energia. Se não flui,  a energia fica presa em você e gera aquela sensação de peso nas pernas e cansaço nos pés. Emoções não descarregadas no solo criam espaço dentro de você para as doenças.

Agora se você não consegue colocar a sola dos seus pés direto na Terra ou não está conseguindo encaixar o exercício do aterramento com o corre-corre do dia a dia, uma alternativa é a técnica de escalda-pés.

Os pés têm pontos que se relacionam com todo o corpo. Então o escalda-pés, como toda técnica de atenção a eles, além de favorecer o desbloqueio nos pés, traz benefícios para todo o seu corpo.

Olhe para seus pés!

Sim. Simples assim. Quando você estiver andando, quando você estiver de pé, quando você estiver sentado … não importa. Sempre que você estiver se sentindo um pouco “desconectado”, basta tirar alguns momentos para olhar para os seus pés e imagine a roda do chacra abaixo deles se abrindo e se conectando com a Mãe Terra.

Faça uma massagem nos pés, com intenção de circular a energia e permitir que sua atenção focada nessa área ative este chacra. Onde focamos nossa atenção ativamos a energia. Todos os dias, sempre que lembrar faça um desses exercícios e observe as mudanças que vão acontecendo e como sua energia estará mais aterrada.”

A reflexologia, uma técnica que usa a massagem nos pés para ajudar ativar todos os chakras é muito recomendada.

 

A nova visão da medicina – Práticas Integrativas

É uma visão sistêmica, em que tudo se relaciona e influencia, de tal forma que por menor que seja a atuação ou o fenômeno, esse atingirá atingir o todo.

 

nova visão da medicina

 

Essa nova visão, vem desde o conceito de “holístico” que deriva do vocábulo grego “holos”, que traz em si a idéia do todo. Então o conceito de visão holística indica a visão total, do todo, por inteiro.

Na saúde, a visão de grande parte das pessoas, ainda hoje, é influenciada pelo mecanicismo e pelo relacionamento causa efeito, achando que as reações físicas tem em sua base apenas uma causa física. Isso é até fácil de entender: a princípio, torna-se mais fácil explicar o universo e avaliar as situações dessa forma.

Por isso, tantos hoje procuram profissionais, principalmente na área de saúde, como procuram um mecânico de automóveis, querendo reparos mecânicos, físicos e imediatos.

A visão holística é muito antiga no Oriente e, tão jovem no Ocidente. A física atômica apresenta a matéria como composta de átomos, e esses de partículas atômicas como prótons, nêutrons e elétrons. A partir daí foram descobertas partículas subatômicas ainda menores: o “quanta” com formas de ondas ou energias.

Então nós não podemos ser comparados a um sistema mecânico montável e desmontável, no todo ou em parte. Nós somos parte de um sistema energético, composto de diversas partes palpáveis e não palpáveis que estão e se mantém unidas entre si e com o todo do universo. Comparado com o todo, qualquer coisa seria menos que um grão, mas sem essa coisa, não haveria esse todo.

Essa é a forma holística e integrativa de se ver.

Acompanhando esse ponto de vista, as Práticas Integrativas e Complementares em Saúde (PICS) podem ampliar a oferta de cuidados em saúde. É um fazer e pensar a saúde diferente da forma como se faz hoje.

Por meio da Portaria N° 849, de 27 de março de 2017, o Ministério da Saúde incluiu Arteterapia, Ayurveda, Biodança, Dança Circular, Meditação, Musicoterapia, Naturopatia, Osteopatia, Quiropraxia, reflexoterapia, Reiki, Shantala, Terapia Comunitária Integrativa e Yoga à Política Nacional de Práticas Integrativas e Complementares (PNPIC). Tal medida atende ao que preconiza a Organização Mundial de Saúde: reconhecimento e incorporação das Medicinas Tradicionais e Complementares nos sistemas nacionais de saúde.

As Práticas Integrativas e Complementares, conhecidas popularmente como “ramos da medicina alternativa”, precisam ser reconhecidas, valorizadas e incorporadas ao cotidiano do nosso Sistema Único de Saúde (SUS). Tal necessidade se dá porque tais práticas tem o objetivo de garantir a prevenção de agravos, a promoção e a recuperação da saúde, com ênfase na atenção básica, além de propor o cuidado continuado, humanizado e integrado em saúde, contribuindo com a resolubilidade do sistema de saúde com qualidade, eficácia, eficiência, segurança e participação social no uso.

Uma experiência de cura – Agni Terapias

Quando se trabalha, pratica, o reiki ou diversas outras modalidades, sistemas de cura através das energias, presenciamos diversos acontecimentos inusitados, e isso é incrível, muitas coisas não podemos explicar, muitas vezes nem a ciência consegue explicar.

 

experiência de cura

 

Esse pequeno relato é do autor Richard Gordon, no livro – O Toque quântico – Quantum Touch – O poder de curar.

Um episódio no consultório

“A minha mãe está com uma dor muito grande… ela pode se sentar aqui, por favor?”

Perguntou uma mulher que parecia estar na casa dos sessenta. O meu amigo e eu,  que estávamos a folhear um livro, saímos logo do banco do escritório, onde estávamos e convidou as mulheres a ocupar os nossos lugares. A mulher, que era muito velha e estava inclinada sobre si própria, com uma respiração muito difícil e dolorosa, aproximou-se muito humildemente e sentou-se. Eu perguntei à filha qual era o problema da sua mãe e em que é que ela poderia precisar de ajuda. Ela contou-me que a mãe estava com uma extrema dor nas costas.

Durante cerca de trinta segundos, tive um debate dentro de mim para saber se devia ou não deixar-me envolver nesta questão, mas o “curador” que existe em mim, como em todos, levou a melhor. Expliquei à filha que, na minha profissão, uso uma forma de curar com as mãos e devia tocar levemente na área onde sentia a dor.

Ela perguntou à mãe se aceitaria que eu fizesse isso. Falou com a mãe em francês, e disse que a senhora mais velha aceitava e até achava que seria ótimo. Na minha maneira típica de trabalhar, eu faço o meu trabalho em qualquer lugar em que esteja, como, por exemplo, no meu escritório.

Tem-me acontecido muitas vezes dar sessões de cura em concertos, palestras, filmes, campos de golfe, seminários, supermercados, ou onde quer que aconteça estar. Chamo a isso a minha “Sala de sessões”. Pedi então à mãe da senhora para apontar o local onde sentia a dor. Risos…, e um momento depois, eu estava de joelhos com minhas mãos no local que a senhora me indicou como doloroso. Ela estava a respirar de um modo muito ofegante e seu rosto estava contorcido pela dor, quando comecei a “aplicar a Energia” através das minhas mãos. Perto de cinco minutos depois, o rosto da mulher mais velha parecia pacificado. Virou-se para mim e disse simplesmente: “Obrigado, eu estou melhor agora.”

As duas mulheres levantaram-se, sorriram para mim, e saíram do meu escritório sem mais uma palavra. Imediatamente, sentei-me no banco e peguei de novo no livro, pronto para recomeçar onde tínhamos ficado. Para minha surpresa, o meu amigo estava visivelmente muito abalado pela experiência. Apesar de eu e ele termos já uma amizade normal, desde há um grande número de anos, ele tinha escapado ao meu encontro inexorável com o cepticismo das pessoas: “Como é que pode pegar simplesmente num livro, depois de uma experiência como essa?”, perguntou ele. Expliquei que as curas são uma espécie de experiência quotidiana. Embora estas experiências tivessem sido chocantes para mim, quando comecei a fazer Quantum – Touch, ao longo dos anos eu já me tinha acostumado a eles e até tinha aprendido a esperar estes resultados!

Saiba como o Reiki pode ajudar a melhorar da depressão.

De acordo com a OMS, cerca de 350 milhões de pessoas sofrem com a depressão, ainda com a OMS cerca de 10% da população brasileira sofre de depressão.

Reiki depressão ajuda

Quando o nosso organismo passa um bom tempo sentindo tristeza e apatia é sinal de que algo não vai bem, podendo ser indicação, sintomas de depressão, a depressão é uma disfunção em nosso organismo.

Nós possuímos 7 centros de força em nosso organismo, que estão ligados a um órgão e que tem como função abastecer o nosso organismo com energia Vital, assim, quando esses centros energéticos estão abertos e equilibrados, nós vibramos em harmonia e estamos em estado saudável.

Quando estão em desequilíbrio ou bloqueados, esses centros não conseguem abastecer o nosso corpo com energia corretamente.
O Reiki por ser uma terapia Integrativa que tem como objetivo restabelecer o fluxo da energia Vital em nosso organismo, é um excelente recurso no combate à depressão, restabelecendo o equilíbrio energético e desbloqueando os canais de energia e centros energéticos que estiverem bloqueados.

Esse desequilíbrio traz uma sensação de bem estar, de relaxamento, de segurança e ajuda o corpo a reequilibrar o seu estado natural, ativando naturalmente os neurotransmissores que podem estar em desequilíbrio devido ao estado’ de depressão.

 

Receba Reiki a distância gratuitamente, conheça essa maravilhosa técnica e seus benefícios:

reiki gratis 2

Técnica Reiki – Rastreamento e Irradiação

A técnica de rastreamento é muito útil para aumentar a intuição e a sensibilidade da nossa energia psíquica, e uma poderosa varredura nos campos áuricos do receptor.

reiki técnica

 

Lembrando que é necessário fazer o curso de Reiki com um Mestre habilitado e passar por uma sintonização para poder aplicar a energia Reiki, se não você pode estar aplicando a sua própria energia.

Ao rastrear e curar o campo de energia, a capacidade do receptor para receber um tratamento normal e completo de Reiki será aumentada.
Comece esfregando as palmas das mãos durante aproximadamente 20 segundos, e após aproxime-as como indicado na imagem, bem próximas porém sem tocá las e depois afastando aproximadamente 20 centímetros, procurando sentir as sensações que surgem entre elas, isso ajuda a sensibilizar as mãos com relação as energias emanadas e ao campo áurico do receptor.

Ao se utilizar os chackras das palmas das mãos, pode se sentir onde o receptor  necessita de Reiki. Coloque sua mão dominante para traz e com a outra mão, a uns cinco ou dez centímentros sobre o corpo, comece o rastreamento pela cabeça, percorrendo lentamente todo o corpo.

Esteja centro do nas sensações energéticas e sutis que está sentindo em sua mão. Poderá sentir frio, calor, picadas, sentir a energia circulando pelas mãos ou um leve tremor energético, as sensações variam de pessoa para pessoa, você sentirá uma alteração ou irregularidade no campo de energia, tendo assim detectado um local afetado, que necessita mais de Reiki.

Essas sensações ou impressões energéticas podem ser no início tão sutis que você poderá pensar que isto é fruto da sua imaginação, entretanto, confie na sua percepção pois assim sua faculdade de rastrear o campo energético melhorará com a prática e cada vez sentirá mais as sensações.

Após localizar os pontos a serem tratados, feche um pouco os olhos,medite e siga a sua intuição sobre quais símbolos usar e como proceder.O Reiki curará a alteração localizada no campo áurico e também atingirá as zonas do corpo físico relacionadas. Permaneça no ponto detectado, até sentir que o fluxo do Reiki diminui através das sensações. Siga com o rastreamento até que encontre uma outra alteração.

Repita a mesma irradiação de Reiki. Continue até que tenha rastreado e irradiado  todo o campo áurico do receptor, iniciando das cabeça e indo até os pés.